Terça feira, 22 de Setembro de 2020
MGTA|Artigos|Cumprimento - V

Cumprimento dos Motociclistas

Hoje em dia, entre os motociclistas, acredito estarmos nos respeitando e nos reconhecendo um pouco mais. A forte divulgação nos cumprimentos entre motociclistas que se encontram em estradas, em suas viagens e aventuras, vem se tornando cada vez mais efetiva.

Segundo algumas pesquisas que fiz, isso teve inicio na década de 70, quando o então piloto de motovelocidade Barry Sheene (1950/2003), tinha por costume quando vencia uma prova cumprimentar a todos com o 'V' da vitória. E como por essa época, a classe de motociclistas digamos assim era mais 'restrita', esse gesto passou a ser adotado por todos se tornando assim uma saudação especial, entre pessoas que partilhavam dos mesmos valores e espírito. Justamente por como não haver tantos motociclistas quanto hoje, quando ocorriam a emoção desses encontros não só nas estradas, a saudação era quase obrigatória como se fosse um código.

Com o tempo e a 'vulgarização' das motos, esse gesto foi se perdendo. Mas hoje há outros gestos que também traduzem a mesma saudação como o esticar da perna do lado em que se cruzam, um simples abaixar de cabeça e até mesmo um acenar com a mão.

O que importa é que cada motociclista sinta presente o espírito de saudar e ajudar um companheiro de estrada. Mas pensem, quando há ausência de resposta, aquele que cruza pode estar concentrado na condução de sua moto em uma determinada situação ou pode não ter visto o seu cumprimento. Há sempre o benefício da dúvida. E pra quem não saúda ou não responde deliberadamente, lamento mas nunca sentirá o verdadeiro prazer de compartilhar esse espírito de verdadeiros motociclistas que somos.

Tio Rato

Flag Counter

Todos os direitos reservados. Qualquer reprodução de textos ou fotos, totais ou parciais, estão autorizados desde que sejam mencionadas as fontes.